sábado, 29 de março de 2014

Dicionário Saúde e Fisioterapia

ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ


O


Obesidade estado caracterizado pelo excesso de massa adiposa no organismo, que se traduz por peso superior ao "normal", para idade, sexo e altura, em mais de 25%.
Obliteração desaparecimento ou apagamento de uma cavidade ou de um canal, devido a seu preenchimento com material sólido (obturação) ou por coalescência das suas paredes (oclusão).
Obnubilação estado de apatia e torpor, o paciente revela um pensamento lento e obscuro.
Obstrução impedimento ou bloqueio de uma estrutura, geralmente estreita.
Obtuso obnubilado ou lento, em geral referente ao nível de alerta ou de consciência de uma pessoa.
Oclusão fechamento ou obstrução de um vaso, como uma artéria ou veia, ou de uma cavidade, como a cavidade oral.
Oclusão coronariana obstrução ou estenose de uma das artérias coronárias, que retardam o fluxo sanguíneo para alguma parte do músculo cardíaco.


Oclusão miofascial método de estabilização muscular em seguida à amputação, em que o músculo é suturado à fáscia; é frequentemente usada em combinação com a mioplastia.
Ocronose distúrbio raro, caracterizado por pigmentação escura dos ligamentos, cartilagens, tecidos fibrosos, pele e urina.
Ocupacional relativo ao trabalho.
Odinofagia dor despertada pelo ato de deglutir.
Odinofobia medo anormal de qualquer dor.
Ohmímetro dispositivo que mede a resistência elétrica; medida em ohms.
Olig-, Oligo- elementos de composição que significam pouco, pequeno, deficiente (do grego, ollgos = pouco, pequeno).
Oligoemia redução do fluxo sanguíneo para determinado órgão ou tecido, por estreitamento, espasmo ou doença da artéria que o irriga.
Oligofrenia o mesmo que deficiência ou retardo mental.
Oliva massa oval grande e proeminente situada em ambos os lados do bulbo raquídeo.
OMS Organização Mundial da Saúde.
Onda aguda positiva forma de potencial elétrico associada a fibras musculares fibrilantes; registrada como um potencial de ação bifásico, positivo/negativo, iniciado pelo movimento da agulha, e recorrente em padrão uniforme. A fase positiva inicial é de curta duração, menos de 5 À de amplitude (até 1 mV); a segunda fase negativa é de longa duração (de 10 a 100 m/s) e baixa amplitude.
Onda centimétrica onda com frequência que varia de 3 GHz até 30 GHz e cujo comprimento de onda vai de 10 cm a 1 cm.
Onda curta onda eletromagnética de rádio cujo comprimento está compreendido entre 10 m e 100 m; também chamada de onda decamétrica e onda tropical.
Onda curta contínua onda de rádio na qual as amplitudes das oscilações permanecem constantes.
Onda decimétrica onda com frequências que variam de 300 MHz até 3 GHz e cujo comprimento de onda vai de 10 m a 1 m.
Onda M potencial de ação composto, reproduzido a partir de um músculo por um único estímulo elétrico ao seu nervo motor.
Onicodistrofia qualquer desenvolvimento defeituoso das unhas.
Onicofagia hábito ou vício de roer as unhas.
Onicopatia toda e qualquer afecção das unhas.
Opistótono 1. termo que descreve uma postura anormal, na qual o tónus muscular está alterado devido a um circuito reflexo local onde os potenciais de ação disparados pelo motoneurónio levam à ativação, através de colaterais axonais, da célula de Renshaw e à geração subsequente de um potencial pós-sináptico inibitório no motoneurónio.
Orexia o mesmo que apetite. A falta de apetite é dita anorexia.


Órgão estrutura anatómica diferenciada e integrada por tecidos diversos que concorrem para a execução de determinada função no organismo.
Órgãos cavitários órgãos dotados de cavidades, como estômago, boca, vagina, cavidade pélvica, pericárdica, pleural etc.
Orientação capacidade de o indivíduo se situar no espaço e no tempo, bem como em relação a si próprio.
Orientação espacial psicologicamente, a má estruturação quanto ao espaço manifesta-se, inicialmente, por dificuldade em situar as diversas partes do corpo e suas relações recíprocas. Noções de alto/baixo, em frente/atrás, direita/esquerda são confundidas.
Orientação temporal percepção da sucessão no tempo dos estímulos vindos do meio exterior; percepção do antes e do depois.
Oroterapia recurso terapêutico que consiste em fazer o paciente deslocar-se para um ambiente montanhoso, ou de clima de montanha.
Órtese (do grego, órthosis = ação de endireitar) qualquer dispositivo ou aparelho ortopédico usado para suportar, alinhar, prevenir ou corrigir deformidade ou para melhorar função de partes móveis do corpo.
Órtese para joelho-tornozelo-pé de Craig-Scott 1. esquema ortótico para joelho-tornozelo-pé projetado para pessoas com paraplegia, inventado por Bruce Scott. Cada unidade do par de órteses consiste em barras verticais bilaterais fixadas ao sapato por um estribo, articulação de tornozelo, correia pré-tibial, travas de lingueta com liberação por alavanca, e uma correia simples para a coxa.
Órtese para marcha recíproca órtese para tronco-bacia-joelho-tornozelo-pé consistindo num par de órteses para joelho-tornozelo-pé, às quais é ligado um mecanismo possuindo dois cabos de aço que passam desde a articulação da anca direita para a articulação da anca esquerda. Quando o paciente roda o tronco em direção à esquerda, o membro inferior esquerdo avança.
Ortopnéia dificuldade para respirar deitado: há a necessidade de um ou mais travesseiros para o paciente dormir confortavelmente à noite; dificuldade de respiração em outras posições, que não a "sentada com as costas retas", e na posição "em pé".
Oscilador de alta frequência tipo de ventilação mecânica por pressão positiva com frequência acima de 15 Hz.

Osgood-Schlatter, Doença de aumento de volume da tuberosidade anterior da tíbia acompanhado de dor e edema.



ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ

Sem comentários:

Publicar um comentário