segunda-feira, 29 de julho de 2013

Dicionário Saúde e Fisioterapia

ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ


G


Gaiola de Faraday recinto em malha metálica que protege seu espaço interno contra a influência de corpos eletrizados externos.
Galactan qualquer dos hidratos de carbono que dão lugar à galactose por hidrólise.
Galactoblasto corpúsculo de colostro; um dos numerosos corpos redondos, grandes, de colostro, que contêm gotas de gordura; acredita-se que sejam leucócitos modificados.
Galactocele tumor da mama que contém leite, causado pela obstrução de um ducto mamário.
Galactocrasia composição anormal do leite humano.
Galactosan um dos vários polissacarídeos originados da galactose e que é conhecido também com o nome de poligalactose.
Galactose açúcar simples branco, cristalino, que não é encontrado na sua forma pura nos alimentos; é formada no organismo por digestão da lactose (um tipo de açúcar encontrado no leite p.e.), convertendo-se depois em glicose como fonte de energia.

Galactozimase enzima que hidrolisa o amido e que está presente no leite.
Galamina, Trietiliodeto de composto utilizado como relaxante da musculatura esquelética.
Galectomia incisão cirúrgica da aponeurose epicrânica (gálea aponeurótica).
Galope ritmo de galope; frequência tríplice ou quadrúplice dos sons cardíacos que se assemelha ao galope de um cavalo quando o examinador faz a auscultação; deve-se à adição de um terceiro ou quarto som cardíaco.
Galvânico 1. relativo à corrente elétrica contínua produzida quimicamente; 2. que possui o efeito de um choque elétrico.
Galvanocautério cautério com um filamento aquecido com corrente contínua. Comumente conhecido como bisturi elétrico.
Galvanocontratilidade propriedade de um músculo se contrair sob a ação de uma corrente contínua.
Galvanofaradização aplicação simultânea de corrente elétrica contínua e alternada.
Galvanômetro instrumento destinado a medir a potência de uma corrente elétrica.
galvanômetro de corda de Einthoven — galvanômetro destinado a registrar os potenciais elétricos produzidos no coração; precursor do eletrocardiógrafo.
Gamagrafia registro gráfico da distribuição de um elemento químico radioativo específico dentro de um órgão.
Gametogénese produção de gametas (óvulos e espermatozóides).
Gangliectomia excisão cirúrgica de um gânglio (neurocirurgia).
Gânglio 1. agrupamento de corpos de células nervosas situadas fora do cérebro e da medula espinal; 2. tumefação cística semelhante a um tumor e que se localiza na bainha tendinosa ou na cápsula articular.
Gânglio estrelado gânglio do tronco simpático que contém dois componentes, o cervical inferior e o primeiro torácico, que frequentemente estão unidos.
Ganglioblasto célula embrionária a partir da qual se originam as células ganglionares.
Ganglioma o mesmo que ganglioneuroma, isto é, um tumor pequeno, encapsulado, benigno e de crescimento lento, formado por células ganglionares maduras e fibras nervosas.
Gânglios da base cinco núcleos intimamente relacionados (caudado, putâmen, globo pálido, núcleos subtalâmicos e substância negra) que recebem impulsos do córtex cerebral e enviam a maior parte das suas eferências, via tálamo, de volta para o córtex cerebral.
Gangrena morte do tecido somático em virtude de uma irrigação sanguínea inadequada; é uma forma de necrose combinada com putrefação. Existem várias formas clínicas de gangrenas, entre as quais gangrena diabética, gangrena húmida, gangrena fria, gangrena gasosa, etc.

Gargolismo trata-se da síndrome de Hurler, que é um transtorno metabólico hereditário caracterizado por deformidades esqueléticas, atraso mental e morte precoce.
Garrote ligação elástica que serve para exercer uma compressão externa, circular sobre um membro, a fim de parar ou prevenir uma hemorragia.
Gasometria medida dos gases sanguíneos; avaliação dos valores de pressão parcial de oxigénio, dióxido de carbono e pH.
Gastrectomia ressecção cirúrgica do estômago (gastrectomia total) ou de parte dele (gastrectomia parcial) ou de parte do estômago e do duodeno (gastroduodenectomia). Também chamada ressecção gástrica.
Gastrina uma das hormonas gastrointestinais libertadas durante a digestão. É excretada pela porção pilórica do estômago ao contato com o alimento; aumenta a secreção do ácido clorídrico e, em menor proporção, de pepsinogénio.
Gastroanastomose operação que consiste na sutura de uma parte do estômago com outra parte em outra extremidade, como o duodeno e o cárdia. Seria então anastomose esôfago-cárdica, anastomose gastroduodenal etc.
Gastroblenorréia secreção excessiva de muco gástrico.
Gastrocele hérnia de uma das paredes do estômago.
Gastrocnémio músculo da parte posterior da perna, que tem origem na face poplítea do fémur (parte superior do côndilo interno), gémeo superior externo e côndilo externo do osso da coxa; insere-se no calcâneo por meio do tendão de Aquiles, e sua ação é a de flexor plantar do pé.
Gastroduodenal relativo ao estômago e duodeno.
Gastroduodenostomia construção cirúrgica de uma abertura artificial entre o estômago e o duodeno.
Gastroenteroanastomose conexão cirúrgica entre o estômago e qualquer parte do intestino em continuação com ele.
Gastroenteropatia nome genérico para uma doença do aparelho digestivo.
Gastroestenose constrição do estômago. Também chamada estenose gástrica.
Gastrofrénico relativo ao estômago e ao diafragma.
Gastrogavagem alimentação mediante gastrostomia (abertura abdominal cirúrgica por onde se introduz uma sonda de borracha).
Gastrógrafo aparelho que registra os movimentos do estômago (geralmente peristálticos).
Gastrolitíase presença de um ou mais cálculos (gastrólitos) no estômago.
Gastrorrafia sutura do estômago (de um ferimento ou de uma lesão crónica).
Gástrula embrião na fase de desenvolvimento que se segue à blástula, na qual se produzem os movimentos de gastrulação.
Gastrulação formação da gástrula. Em Embriologia, processo pelo qual a terceira camada germinativa de células, chamada mesoderme, migra sobre o disco bilaminar fazendo-o trilaminar (ectoderme, mesoderme e endoderme). Ocorre durante a terceira semana de vida embrionária.



ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ



Sem comentários:

Publicar um comentário