sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Exercícios específicos de fisioterapia para a escoliose – parte 5


Nas últimas décadas, tem havido um apelo à mudança entre as partes envolvidas na gestão clínica da escoliose idiopática

Os pais de crianças com escoliose queixam-se do chamado "esperar e ver" de muitos médicos ao verem escolioses entre 10° e 25°, e cada vez mais procuram outras soluções.

Nesse sentido, iremos resumir neste artigo com 7 partes, as ideias das sete principais escolas no tratamento de escoliose a nível mundial, e as suas abordagens aos exercícios específicos de fisioterapia para a escoliose (EEFE).

O objetivo não é determinar qual abordagem é superior, mas sim que os fisioterapeutas possam incorporar o melhor de cada uma delas na sua prática clínica, melhorando os resultados do tratamento conservador para a escoliose idiopática.

The Dobomed method (Polónia)

A técnica básica do método Dobomed é a correção ativa em 3D, envolvendo a mobilização da curvatura primária, com ênfase especial na “cifosização” da coluna torácica e/ou “lordosização” da coluna lombar.

Essa mobilização da curva primária é realizada em cadeia cinética fechada e desenvolvida sobre uma pélvis e cintura escapular simetricamente posicionadas.

A pélvis e os ombros são posicionados primeiro e mantidos estáveis durante a todo o exercício e as fases de inspiração e expiração, parte da respiração ativa assimétrica.

O método Dobomed usa a técnica de respiração de "phased-lock" para auxiliar na correção e estabilização da coluna vertebral.
Na respiração " phased-lock ", durante a inspiração, uma forte pressão local é aplicada no lado côncavo da curvatura, enquanto durante a expiração é aplicada uma facilitação subtil no lado convexo. Durante a expiração, a contração isométrica dos músculos do tronco ajuda a estabilizar a correção ou hipercorreção.

Por isto, a cooperação é o requisito básico no uso do método Dobomed, não sendo recomendado para crianças pequenas, incapazes de entender e realizar os exercícios.

O método Dobomed consiste em três partes:

1. Fase de flexão para frente: A autocorreção 3D ativa da coluna vertebral e caixa torácica durante a flexão para frente é um componente original e a principal técnica corretiva do método Dobomed. Exercícios de flexão para frente são projetados em cadeias cinéticas fechadas para aumentar a sua eficácia. A flexão para frente é feita com fixação rígida da pélvis e da cintura escapular através dos membros superiores e inferiores.


2. Fase preparatória: No início da sessão de exercícios, após o aquecimento, são realizados exercícios em posições baixas. Essas posições baixas aliviam os paravertebrais do stress mecânico de suportar a coluna contra a gravidade. É provável que, por causa disso, a maior correção da escoliose seja observada nessas posições de baixa flexão. Um exercício de pausa é realizado entre exercícios em posições baixas. Um exercício de pausa consiste na “cifosização” ativa máxima da coluna torácica e “lordosização” da coluna lombar com correção simultânea da deformação da coluna.

3. Correção automática 3D ativa em posições verticais: Exercícios ativos de correção automática são realizados em posições altas (a coluna é colocada verticalmente), onde os músculos do tronco devem trabalhar para apoiar a coluna contra a força da gravidade.

A mobilização assimétrica do tronco em posições estritamente simétricas, como parte do método de Dobomed, mostrou diminuir os ângulos de Cobb e a rotação vertebral ou, no mínimo, interromper a progressão da escoliose.

Além disso, o tratamento conservador da escoliose idiopática usando o método Dobomed de exercícios respiratórios 3D intensivos ajuda a preservar a eficiência do exercício normal de pacientes com escoliose idiopática, medida pelo limiar anaeróbio ventilatório.


Berdishevsky H, Lebel VA, Bettany-Saltikov J, Rigo M, Lebel A, Hennes A, Romano M, Białek M, M'hango A, Betts T, de Mauroy JC, Durmala J. Physiotherapy scoliosis-specific exercises - a comprehensive review of seven major schools. Scoliosis Spinal Disord. 2016 Aug 4;11:20.

Sem comentários:

Publicar um comentário