domingo, 10 de novembro de 2013

Reabilitação de uma ruptura distal do bicípite cirurgicamente reparada – estudo de caso clínico

A ruptura completa do tendão distal do bicípite braquial é relativamente rara (cerca de 3%. 96% são na cabeça longa e 1% na cabeça curta) e há pouca informação para orientar os fisioterapeutas na reabilitação após a lesão e reparação cirúrgica subsequente.

O mecanismo mais comum de lesão é uma única carga inesperada colocada sobre a articulação do cotovelo. 

Sente-se um “pac” que é audível seguido pela formação de contorno anormal da face anterior do braço. 

A perda de função é substancial, havendo perda total de torque produzido pelo bicípite braquial e a recuperação pode ser lenta.



Os dois tipos de procedimentos cirúrgicos usados são a técnica de incisão única e a técnica de incisão dupla (Figuras 2 e 3).
 

A reabilitação pós-cirúrgica normalmente segue duas fases:
  1. Imobilização (primeiras 6 semanas de pós-operatório)
  2. Fortalecimento/alongamento (dos músculos atrofiados e eventual regresso a actividades funcionais)

A descrição do protocolo de reabilitação utilizado neste estudo de caso pode ajudar a guiar os fisioterapeutas na reabilitação de um paciente com uma ruptura de tendão distal do bicípite braquial que foi reparado cirurgicamente.

Apresentação de caso clínico


  • Homem, de 38 anos, que fazia treinos de resistência 4-5x/semana.
  • Foi submetido a reparação cirúrgica do tendão distal do bicípite direito após um acidente de bungee jumping.
  • A cirurgia foi realizada 15 dias após a lesão inicial usando uma técnica de incisão única.
  • O paciente apresentou-se na fisioterapia com o cotovelo a 90º, numa cinta de apoio, e com indicação do médico para não realizar flexão ativa do cotovelo ou supinação de antebraço. 
  • O exame físico da região lesada revelou uma deformidade visível e palpável do ventre do músculo bicípite braquial, principalmente na região distal, com uma pequena cicatriz na fossa antecubital direita, onde o tendão do bicípite tinha sido reparado cirurgicamente, sem quaisquer sinais de infecção.
  • A amplitude de movimento ativa foi avaliada bilateralmente, revelando limitações significativas quando comparado com o lado contralateral, com dor de 3/10 nos finais de amplitude de movimento.
  • Não foram realizados testes de força muscular na primeira avaliação por indicação médica.


Tratamento


Foram feitas pequenas adaptações ao protocolo inicialmente sugerido pelo médico assistente:
Descritas no anexo:


Resultados


Na oitava semana, o paciente relatou que tinha pleno funcionamento do braço e não tinha défices em nenhuma das atividades da vida diária (AVD).


Conclusão


Neste estudo de caso, a taxa de evolução na amplitude de movimento do cotovelo foi mais rápida do que o que se estava à espera pelo protocolo estabelecido, o que levou os autores a realizar exercícios que permitiram avançar para o fortalecimento da musculatura da parte superior das costas e cintura escapular, limitando qualquer exercício que envolvesse o bicípite.

Embora o plano global de tratamento não tenha diferido significativamente do protocolo médico solicitado, é opinião dos autores que a amplitude de movimento completa pode ser alcançada antes da 6ª semana de reabilitação, e, portanto, iniciada uma lenta transição para fortalecimento do bicípite braquial em segurança.


Horschig A, Sayers SP, Lafontaine T, Scheussler S. Rehabilitation of a surgically repaired rupture of the distal biceps tendon in an active middle aged male: a case report. Int J Sports Phys Ther. 2012 Dec;7(6):663-71.


16 comentários:

Miguel Silva disse...

Boa tarde, fiz uma rotura no bicep do braço esquerdo aproximadamente á1ano , fiz muitas sessões de fisioterapia , gastei uma fortuna mas tudo sem sucesso . Sou praticante de musculação e não imagina o quanto é difícel para mim, olhar para o meu braço e ver uma diferença tão grande de um bicep para o outro. Agradecia ser ajudado neste sentido , ou aconselhado ao que fazer para recuperar novamente meu bicep.
Nuno Silva

Trabalho de marcenaria disse...

Olá! Fez algum procedimento para esticar o biceps? Passo pelo mesmo problema. Tem 1 mês que rompi o meu biceps direito! Vamos nos falando. Boa sorte!

Trabalho de marcenaria disse...

Olá! Fez algum procedimento para esticar o biceps? Passo pelo mesmo problema. Tem 1 mês que rompi o meu biceps direito! Vamos nos falando. Boa sorte!

claudio lusa disse...

SÓ CIRURGIA RESOLVE E MUITA , MAS MUITA FISIOTERAPIA. TIVE RUPTURA TOTAL DE BICEPS, OASSEI POR PROCEDIMENTO CIRURGICO POR ESPECIALISTA OMBRO COTOVELO, E AGORA ESTOU FAZENDO FISIO PRA RECUPERAÇÃO DOS MOVIMENTOS, É LENTO MAS É NECESARIO, CASO OPTEM POR NAO FAZER A CIRURGIA , HAVERA COMPROMETIMENTO NA FORÇA, E VALE SALIENTAR QUE APÓS SEIS SEMANAS Q OCORRE A LESÃO, O NERVO ATROFIA E FICA IMPOSSIVEL DE REALIZAR CIRURGIA, PORTANTO, A PROCUR POR AJUDA DEVE SER NO MAXIMO ATÉ A SEXTA SEMANA.

claudio lusa disse...

SÓ CIRURGIA RESOLVE E MUITA , MAS MUITA FISIOTERAPIA. TIVE RUPTURA TOTAL DE BICEPS, OASSEI POR PROCEDIMENTO CIRURGICO POR ESPECIALISTA OMBRO COTOVELO, E AGORA ESTOU FAZENDO FISIO PRA RECUPERAÇÃO DOS MOVIMENTOS, É LENTO MAS É NECESARIO, CASO OPTEM POR NAO FAZER A CIRURGIA , HAVERA COMPROMETIMENTO NA FORÇA, E VALE SALIENTAR QUE APÓS SEIS SEMANAS Q OCORRE A LESÃO, O NERVO ATROFIA E FICA IMPOSSIVEL DE REALIZAR CIRURGIA, PORTANTO, A PROCUR POR AJUDA DEVE SER NO MAXIMO ATÉ A SEXTA SEMANA.

Unknown disse...

Fiz uma cirurgia do tendão distal ropitura total incisão única ponto entre ossos 4 meses voltei ao trabalho é duas semanas voltei ao.trabalho gracas a fisioterapeuta que é recente

james kirk disse...

Tive ruptura do tendão do biceps do braço direito. Realizei a cirgia reparadora 3 semanas depois. Fiquei mais tres semanas imobilizado. iniciei fisioterapia e hoje estou 100% recuperado. Foi muito tranquilo a recuperação.

L disse...

Fiz uma cirurgia de rompimento parcial do biceps distal há 2 meses e meio. Já fiz as sessões de fisioterapia recomendadas
pelo médico e estou ganhando força novamente no braço esquerdo. Apesar disso, meu biceps não voltou totalmente ao normal e está mais atrofiado, comparado ao lado direito. Diante disso, gostaria de saber de quem já passou por essa cirurgia se um dia o braço irá se igualar ou se terei que me conformar com essa deformidade.

Kadu Queiroz disse...

Tive um rompimento total do tendão do bíceps levou quase dois meses para a operação , foi realizada e estou me recuperando a um mês , estou fazendo fisioterapia porém ainda não tenho completo movimento dos dedos da mão fui informado que ouve lesionamento no nervo durante a cirurgia oque irá dificultar a fisioterapia...estou com receio de no retorno médico eu ouvir " você nunca mais poderá fazer exercícios pesados novamente " ...

adriano disse...


Gostaria de saber se após a cirurgia , qdo voces começaram a fazer a reabilitação, se voces tiveram problemas com os movimentos de supinação e pronacão do antebraço... qto tempo levou pra vc virar a palma da mão pra cima e pra baixo normalmente?
se puder responder minha pergunta vai me ajudar muito ...
Que Deus te abençoe amigos..

Sempre Searching... disse...

Sou Fisio e estou tratando.de um.paciente de PO de Tendao biciptal distal.. ele esta evoluindo mto bem e relamente alcançamos a extensão total do cotovelo antes das 6 semanas e comecando o fortalecimento isometrico(leve) com 8 semanas...agora esta com 14 semanas de PO e iniciamos a alguns dias o fortalecimento muscular isotônico com um pouco mais de carga..alem de manter sempre os exercicios iniciais de alongamentos de ombro/cotovelo/punho e exercicios de ganho de amplitude de movimento. BOA SORTE A TODOS

Patrick disse...

Eu tive rotura total do bíceps braquial distal,fiz a cirurgia incisão dupla. Fez um mês agora é meu médico me liberou pra começar a fisioterapia. Gostaria de saber por onde eu começou a fisioterapi? E se essas clínicas convencionais que aceita plano serve pra habilitação? !Obrigado

Marcelo Soto disse...

Olá pessoal, tive rompimento total do bíceps distal, onde o acidente ocorreu na noite de 03/11/18. Estive no médico no dia 20/11 e ele informou que preciso decidir urgentemente se seguirei ou não com a cirurgia. O médico informou que nocaso de optar por não fazer a cirurgia, que devo perder em torno de 30% da força. Porém, sou praticante de musculação e queria continuar treinando, mesmo que com menor peso. Alguém sabe informar qual/quais as perdas em não fazer a cirurgia???

Unknown disse...

Sou praticante de lutas e musculação,tive ruptura do Tendão do Biceps á 20 dias e fiz a cirurgia á 8 dias atrás,ancioso a começar logo a Fisio e torcendo para que volte o quanto antes a fazer oque gosto.
Minha cirurgia foram 3 horas,estou me sentindo muito bem sem dor,passei por varios especialistas ( Ortopedistas) e tiver que fazer a cirurgia 1 dia depois.
Aqueles que teve esse mesmo problema,procure URGENTEMENTE um profissional de sua confiança para saber qual o procedimento á ser tomado.

Unknown disse...

Acabei de sair da anestesia dessa cirurgia.todas a informações serão bem vindas.

GARNIER disse...

Boa tarde senhores
Estamos aqui com o mesmo intuito, tive ruptura total de biceps distal em uma quarta feira dia 7/8/2019 As 22:30h e fui imediatamente ao hospital,o médico verificou e solicitou ressonância magnética para quinta feira dia 8/8/2019, sexta dia 9/8/2019 ja estava pronto o resultado que confirmava a ruptura, foi marcado uma consulta com o médico ortopedista na segunda feira dia 12/8/2019.
O médico responsável pela cirurgia me deu duas alternativas:
Não cirúrgico: perderia aproximadamente 25% da força e amplitude de movimento ,além da parte estética ficar comprometida"braço do Popeye"
Cirúrgico:recuperação da força e amplitude do movimento porém existe o risco do nervo responsável pela abertura é fechamento da mão ser prejudicada.
Optei pela cirurgia e deu tudo certo, tive alta hoje dia 14/8/2019 quarta feira e mando notícias da recuperação 🤜🤛

Enviar um comentário