terça-feira, 29 de outubro de 2013

Dicionário Saúde e Fisioterapia

ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ


M


Má formação arteriovenosa anormalidade no desenvolvimento embrionário, que provoca a formação de um emaranhado de artérias e veias. Comumente aparece sob a forma clínica de hemangiomas, que não são propriamente tumores, mas hamartomas, que são nódulos palpáveis integrados por elementos celulares presentes normalmente, embora pouco desenvolvidos, no local afetado.
Má postura (Síndrome postural) postura que se desvia do alinhamento normal, mas não tem limitações estruturais.
Maceração amolecimento de um sólido pela exposição à água ou a outro fluido; usualmente, relacionada com a pele.
McKenzie técnica de cinesioterapia para a coluna vertebral, desenvolvida por volta de 1956 pelo fisioterapeuta neozelandês Robin MacKenzie, composta principalmente por exercícios de extensão do tronco, com o objetivo de alcançar a correção postural e alívio de dores vertebrais.
Macrobiose o mesmo que longevidade.
Macroscópio diz-se de qualquer objeto visível a olho nu.


Maitland técnica de terapia manual desenvolvida pelo fisioterapeuta australiano Geoffrey Douglas Maitland em 1953. Trata-se da mobilização e manipulação articular utilizadas em disfunções ortopédicas, que têm como base a recolocação das estruturas nas suas posições normais ou próximas do normal, e a melhoria da amplitude de movimento, para alívio de dores musculoesqueléticas.
Mal asmático crise de asma refratária à administração de medicação habitual e de reversão mais lenta.
Mal de Pott (Doença de Pott) caracteriza-se pela curvatura angular da coluna, de convexidade posterior, resultante da tuberculose instalada principalmente nas vértebras. É uma das modalidades mais comuns de tuberculose óssea, rara hoje em dia.
Mal-estar desconforto corporal que inclui dores e fadiga, como o que acompanha a gripe.
Malformação (Má formação) qualquer anomalia morfológica de um órgão, de parte de um órgão ou de todo o organismo, que resulte de uma perturbação da ontogénese.
Malignidade conjunto das características de uma neoplasia que sugerem um prognóstico desfavorável e uma evolução fatal.
Maligno diz-se das afecções que se agravam progressivamente e, quando não tratadas, podem levar à morte.
Manguito dispositivo em forma de fita, guarnecido internamente por uma câmara de borracha inflável, conectado a uma pêra insufladora de ar e de uma válvula reguladora de entrada e saída de ar de dentro da camada pneumática. Usado, juntamente com o estetoscópio, para aferição de pressão arterial.
Manipulação articular movimentos articulares passivos (realizados por um fisioterapeuta), sem interrupção, rápidos no final do arco de movimento, grau 5 na escala de Maitland, com objetivo de correção de microlesões osteopáticas, ou seja, pequenos desalinhamentos articulares.
Manobra com ambu manobra com balão auto-inflável. Consiste em aumentar o fluxo inspiratório, e durante a expiração associa-se à vibrocompressão.
Manobra de Credé técnica para o esvaziamento de urina de uma bexiga flácida; a pressão é aplicada entre o umbigo e a sínfise púbica, numa direção para cima e para baixo.


Manobra de Spurling flexão lateral da cabeça do paciente; o examinador realiza pressão sobre o topo da cabeça. Considera-se positiva quando ocorre aumento dos sintomas radiculares na extremidade superior.
Manobra de Valsalva 1. esforço expiratório contra uma glote fechada; o paciente deve prender a respiração e fazer força como se fosse evacuar. Isto provoca o aumento da pressão intratecal, agravando os sintomas de eventuais lesões do canal medular.
Manómetro qualquer aparelho ou dispositivo destinado a medir a pressão de um gás ou de um fluido.
Manutenção tónica manutenção dos músculos posturais extensores na situação de total encurtamento, contra a gravidade ou resistência manual.
Manuvacuómetro aparelho utilizado para avaliar a força da musculatura respiratória. Afere a pressão inspiratória máxima (PImáx.) e expiratória máxima (PEmáx.).
Marcha ato ou efeito de andar; padrão de movimento associado a habilidade ortostática (andar ou correr). Deambulação.
Marcha com sustentação parcial do peso modificação do padrão de marcha em três pontos; durante a fase de apoio do membro afetado, parte do peso é aplicada sobre o membro afetado, e parte sobre as canadianas; as canadianas e o membro inferior afetado avançam juntos, e o membro inferior não-envolvido avança para além das canadianas.
Marcha em dois pontos um membro inferior e a canadiana oposta avançam juntos; isto repete-se com a outra canadiana/membro inferior.
Marcha em três pontos marcha sem sustentação do peso; o peso é depositado sobre as canadianas, e não sobre o membro inferior afetado; ambas as muletas avançam, e o membro inferior não afetado ultrapassa as canadianas.
Marcha em quatro pontos uma canaidana é deslocada para a frente, e o membro inferior oposto é avançado; a outra canadiana é deslocada para a frente, e o membro inferior oposto é avançado; padrão de marcha lento e estável.
Marcha reflexa quando seguramos o bebé sob as axilas, inclinamos o seu corpo para a frente e este está com o apoio dos pés sobre uma superfície, o bebé realizará um movimento recíproco dos membros inferiores, como se estivesse a caminhar. Preparação para ficar em pé e andar.
Martelo de reflexos dispositivo clínico, geralmente formado por um cabo rígido e duas extremidades de material de borracha com as quais se percute um certo tendão do corpo para observar a resposta reflexa.
Máscara de Venturi máscara de arrastamento de ar; sistema de oxigenoterapia em que se administram concentrações conhecidas de oxigénio.
Massagem tratamento que consiste em submeter os tecidos moles (em particular a pele e os tecidos subjacentes) a manipulações diversas para atenuar a dor e os espasmos, estimular a circulação muscular, favorecer a circulação de retorno e reabsorção de edemas, e produzir relaxamento muscular.
Massoterapia recurso manual de massagem da fisioterapia, associado a algum tipo de óleo, para o tratamento de dores musculares, de origem nervosa, ou circulatória.
Mastectomia ablação cirúrgica, parcial ou total, de uma mama.
Matriz germinativa estrutura localizada próxima aos ventrículos laterais e ativa durante o período gestacional com alto risco de ruptura e sangramento intracranial.
Mecânica muscular estudo das propriedades mecânicas das unidades geradoras de força do músculo.
Mecanismo auxiliar de extensão mecanismo projetado para auxiliar na extensão do joelho protético durante a parte final da fase de balanço; pode ser uma banda elástica aplicada extremamente, ou uma faixa elástica ou mola no interior da unidade do joelho.
Mecanismo reflexo postural normal expressão usada por Bobath, em referência ao nível de habilidade do controlo postural, composta de 5 componentes essenciais: 1. tónus postural normal; 2. interação recíproca normal dos músculos; 3. reações de rectificação; 4. reações de equilíbrio; 5. reações de proteção.




ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ


Sem comentários:

Publicar um comentário