domingo, 16 de dezembro de 2012

Fractura do 5º metatarso no pé


O 5º metatarso é o osso localizado na face lateral e na região média do pé. As fracturas (quebra na continuidade do osso) neste osso são comuns e são principalmente de 2 tipos:
Fractura arrancamento. Essa lesão acontece, na maioria das vezes, em atletas jovens. O mecanismo de lesão é semelhante a uma entorse do tornozelo, em que o "roda" para dentro e os músculos da perna contraem para evitar a entorse, provocando a fractura, que acontece na junção entre o tendão destes músculos e o osso.
Fractura de Jones. Ocorrem numa pequena área do quinto metatarso (entre a diáfise e a epífise do osso) que recebe menos sangue e, portanto, é mais propensa a dificuldades de cicatrização. A fractura de Jones pode ser causada pelo uso excessivo (uma pequena fractura de linha fina, que se agrava ao longo do tempo), ou por traumatismo.
Outros tipos de fracturas podem ocorrer no quinto metatarso. Exemplos incluem fracturas de stress, que são muitas vezes negligenciadas numa primeira avaliação, (se o paciente continuar a sentir dor ligeira na região lateral do pé 3 a 6 semanas após um traumatismo exames de Rx devem ser repetidos para despiste de uma fractura de stress) e fracturas da diáfise (parte média do osso), que geralmente resultam de trauma ou torção.

Sinais e sintomas/ Diagnóstico

  • Por vezes o paciente ouve o ruído da fractura no momento da lesão
  • Dor intensa, inchaço e sensibilidade e na parte externa do pé logo após a lesão
  • Incapacidade para apoiar o peso do corpo nesse pé
  • Hematoma localizado na região lateral do pé pode ocorrer

É essencial uma boa avaliação clínica do pé e tornozelo para ajudar no diagnóstico de uma fractura do metatarso. Um raio-X é geralmente necessário para confirmar o diagnóstico e avaliar a gravidade da lesão. Como a fractura de Jones, por vezes, não aparece nos raio-X iniciais, exames adicionais (TAC ou RM) podem ser necessários.

Tratamento

       Para as fracturas em que os dois topos da fractura estão desalinhados o ortopedista realizará o realinhamento da fractura por manipulação cuidadosa sob anestesia; para as fracturas em mais que um local do osso e fracturas de Jones, principalmente em atletas, geralmente o tratamento é cirúrgico, com material de fixação interna para estabilizar a fractura. Ambas as situações são seguidas de imobilização gessada ou bota protectora mais canadianas por um período não inferior a 4 semanas. As fracturas arrancamento são geralmente tratadas com imobilização gessada, através de bota ou tala.
      O tratamento em fisioterapia, imediatamente após a lesão e enquanto o diagnóstico não está confirmado, consiste e controlar os sinais inflamatórios, através de:
Descanso: Evite caminhar ou estar muito tempo de pé. Se tiver de o fazer utilize canadianas. Andar a pé pode significar um agravamento da sua lesão.
Gelo: Aplique uma compressa de gelo na área lesada, colocando uma toalha fina entre o gelo e a pele. Use o gelo por 20 minutos e depois espere pelo menos 40 minutos antes de aplicar gelo novamente.
Compressão: um elástico pode ser usado para controlar o inchaço.
Elevação: O pé deve ser elevado um pouco acima do nível do seu coração para reduzir o inchaço.
No período após imobilização com gesso ou tala deve ser iniciado um programa de fisioterapia. As técnicas que revelam maior eficácia nesta condição:
  • Exercícios para melhorar a flexibilidade, força e equilíbrio (incluindo exercícios em carga)
  • A aplicação de calor antes dos exercícios para aumentar a irrigação sanguínea e de gelo no final para prevenir sinais inflamatórios.
  • Mobilização articular.
  • Educação do paciente e plano de retorno gradual à actividade.
  • Massagem de mobilização dos tecidos moles.


Exercícios terapêuticos para a fractura do 5º metatarso

Os seguintes exercícios são geralmente prescritos após a confirmação de que a fractura está consolidada. Deverão ser realizados 2 a 3 vezes por dia e apenas na condição de não causarem ou aumentarem os sintomas.



Flexão/extensão do pé
Deitado, com o calcanhar fora da cama, puxe a ponta do pé e dedos para si, e depois empurre pé e dedos para baixo.
Repita entre 15 e 30 vezes, desde que não desperte nenhum sintoma. 



Adução/adbução do pé
Puxe o pé para cima e para fora, e depois para cima e para dentro.
Repita entre 15 e 30 vezes, desde que não desperte os sintomas. 



 Eversão resistida do pé
Puxe a ponta do pé para si e rode a planta do pé para fora. Retorne lentamente à posição inicial.
Repita entre 8 e 12 vezes, desde que não desperte os sintomas.


Antes de iniciar estes exercícios você deve sempre aconselhar-se com o seu fisioterapeuta.


81 comentários:

Alaor Fialho disse...

Caro Sr. João Maia

Tenho problema com Metatarso e no momento, faço uso de uma palmilha de silicone. A pergunta é: Se o descanso de caminhada, corrida na fase critica é aconselhável, e uso da bicicleta como esporte tendo menos impacto. E a caminhada na areia?

Att.
Alaor Fialho

João Maia disse...

Olá Alaor,

Pode tratar-me por fisioterapeuta, o sr. é desnecessário:)
Bem, depende obviamente do problema que é, mas numa fase de sintomas mais agudos o descanso tem normalmente efeitos benéficos, sobretudo numa zona que suporta uma grande parte do peso do seu corpo, por isso a bicicleta será preferível em relação às outras atividades.
Quanto à caminhada na areia, se for um caso de fratura, deve esperar que a mesma esteja consolidada e, depois disso, respeitar sempre o limiar de dor, não o ultrapassando durante o exercício.

Atenciosamente
João Maia

maykon gonçalves disse...

Ola, Boa tarde !
Tive uma fratura de jones, ja fazem 25 dias que estou engessado, nao sinto nenhuma dor, com 15 dias o medico pedia que colocasse um salto e que podia antar, quando fui trocar o gesso nao estava enchado e no local nao sentia dor, já estou andando sem muletas e sem dor, sera que com 30 dias ja posso tirar o gesso ? Obigadao agradecido.

João Maia disse...

Essa questão terá de ser decidida pelo médico que o acompanha, e com base em radiografias feitas na altura. Neste tipo de fraturas, muitas vezes o facto de não ter sintomas não significa que o osso já tenha cicatrizado.

Aleide Böeing disse...

Olá,
Quebrei o quinto metatarso, fiquei 35 dias imobilizada.
O medico disse que ja está calcificado e disse que nao preciso de fisioterapia. Que o melhor exercício é eu andar. Já estou sem a imobilização ha 5 dias mas nao consigo andar direito. Sinto dor no calcanhar, tornozelo,
Panturrilha, e está bem inchado. O que devo fazer?

Ruggieri Inacio disse...

Boa noite, eu fraturei o quinto metatarso jogando futebol, fiquei 45 dias imobilizado, porém agora já sem tala sinto um desconforto ao caminhar, meu pé dói conforme piso, mas o que mais sinto dor e falha é minha panturrilha, o que devo fazer ou tomar pra isso passar? Na retirada da tala o médico disse que não iria precisar de fisioterapia, só que dói o pé ainda! Desde já obrigado pela atenção.

Renatabuacovski Guerreiro disse...

ola quebrei o 2 º e o 3º metatarso tirei a tala e tenho que fazer fisioterapia urgente ,eu gostaria de saber se demorar pra fazer as fisioterapia eu irei caminhar normal depois ,se não vou ficar manca

ção disse...

eu quebrei o 5 metatarso ja tem 1 ano o medico colocou gesso fiquei 52 dias com gesso depois ele tirou o gesso e falou que teria que fazer cirrirgia pois ficou com mau calcificação estou sofrendo muito com o meu pé não posso ficar em pé que incha não posso ficar sentada que incha sera que eu vou ficar boa um dia estou esperando pra fazer fisioterapia ja tem 1 mes e pelo sus se eu fica deitada fico bem mas se ficar de pé incha tudo

Francisco Rodrigo disse...

Boa noite,
há 30 dias tive uma queda de aproxidamente 3 a 4 metros de altura, quebrei o 5º,4º e 3º metatarso, meu pé ainda está na tala de gesso, é normal os dedos quebrados não ter movimentação? por que o 1º e segundo movimento normal.

Edmo Oliveira disse...

Boa Noite
meu nome é Alvim e Tenho 11 anos e quebrei o mertataço e queria saber quantos dia demora para que o osso colar .

loveluanlove disse...

Olá, fraturei o quinto Metatarso, daí depois voltei a andar normal e me machuquei novamente e reabriu um pouco a rachadura da fratura, qual o risco?
Estou andando só que mancando um pouco....

Bastos31 disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Ubirajara de oliveira feitosa disse...

Dr. Quebrei o meu navicular do pe direito dia 19 de setembro de 2013. Foi uma fratura comutativa. O Ortopedista falou que n éra possivel fazer cirurgia. Que seria necessario esperar o organismo calcificar pra ver se depois da fisioterapia teria que operar. Fiquei 2 mezes com gesso e mais 2 meses com a bota ortopedica andando de muletas. Dia 23/01/2014 ele retirou a bota e as muletas e falou que eu precisava andar urgentimente e me passou fisioterapia. So fiz as primeiras 5 sessoes. So que n aguento andar. Doi muito. Comprei uma bengala. Doi de mais. Isso é normal? Vou ter uma vida normal? Por gentileza me ajude. O que eu devo fazer?

João Maia disse...

Ter dores é comum numa fase inicial da recuperação, no entanto, se forem demasiado fortes deve voltar a utilizar canadianas (pelo menos uma, do lado contrário à lesão) para reduzir a carga suportada pelo pé. Também deve fazer gelo (20min de 2 em 2horas) e se mesmo assim as dores não abrandarem deve consultar o seu médico assistente para que lhe seja receitado algum tipo de analgésico.

Ubirajara de oliveira feitosa disse...

Obrigado por me responder. Já estou na vijézima quinta sessão de fisiotarapia. Estou andando. So que continuo sentindo dores. So que as dores sao apenas quando eu estou andando. Quando estou parado n sinto nada. Eu estou tambem mancando. Essas coisas sao normais? Ou devo optar por cirurgia? O que me preoculpa é que n paro de mancar e as dores. Vou ficar mancando ate morrer? N sei o que fazer. Tenho so 33 anos

Joseilson Alves disse...

Fraturei o 5 metatarso jà fazem dias e tirei a tala de gesso e esta inchado e dolorido, isso è normal? O q devo fazer para diminuir as dores e o inchaço. Acho q a minha e fratura de jones.

Rosicléa Carvalho dos Anjos disse...

Quebrei meu pé no dia 16 de março fiquei com o pé engessado por 6 semanas tirei o gesso no dia 1 e fiz um raio X mais o pé continua doendo o médico disse que é fratura de Jones que vai ter fazer cirurgia depois de tanto tempo agora mandou usar uma bota apropriada por mais 3 semanas pra depois ver como isso vai ser feito. Mais fui ao medico particular e ele disse que já era pra ter feito essa cirurgia más marcou para um cirurgião dia 28 ainda acho muito tempo.

fatima de foz disse...

fatima varela ola qebrei o qinto dedo do pe ja fas 46 dias fiquei 33 dia com a tala tirei por conta mais nao sara continua doendo nao consigo por o pe no chao o que devo faser

Joyce Balbino disse...

Boa noite! Quebrei o 5° metatarso faz 1 semana na escada, estou usando o gesso, vou ficar 30 dias parada, corria todos os dias 12 km, será que depois de 30 dias consigo andar normal?! Pois quero voltar a correr o mais rápido possível. Fico no aguardo de uma resposta.

Jaqueline disse...

quebrei o quinto metatarso em 8 de agosto, já tirei a tala e a bota, pq continua inchado?

Alisson Pereira disse...

Boa tarde, qual o prazo para recuperação de uma fratura na tuberosidade da navicular junto a inserção da tibial posterior, pé direito, desde 12\09\14 não consigo andar o que eu faço?

POEMAS disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Diógenes Araujo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pedro Miguel Falcão Alves disse...

Bom dia Dr., fracturei o 5º metatarso no dia 6 de Outubro.Retirei a bota de gesso no dia 6 de Novembro e estou a trabalhar normalmente há 2 semanas. Faço fisioterapia de em casa com alguns exercícios.Gostaria de saber quando é que poderei voltar a praticar desporto (fusal,corrida ).Obrigado Pedro Alves

Deise disse...

Olá!!! sofri um acidente de carro onde tive um edema ósseo do terceiro metatarso, entorse do tornozelo com ruptura parcial dos ligamentos, tendinite e tenossinovite....fazem 60 dias que ocorreu o acidente e já fiz 20 sessões de fisioterapia. Parada não sinto dor mas qdo caminho muito o pé incha e dói pra caminhar, acabo mancando. Quanto tempo ainda para esses sintomas parar? É normal o pé inchar mesmo 60 dias após o trauma? o acidente foi 20/12 será que até 15 de março estarei apta para minhas atividades? Obrigada

Ângela Gonçalves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ângela Gonçalves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
renata duarte disse...

Fraturei o 5° metatarso, o médico não imobilizou meu pe, disse p eu não colocar meu pe no chao, ficar em repouso com o pe pra cima , utilizar muletas e disse para fazer pequenos movimentos com o pé. Ira avaliar um novo raio x daqui quinze dias. Este tipo de tratamento tambem esta correto?

João Maia disse...

Cara Renata,

Sim, as fracturas variam em gravidade, pelo que nem todas são tratadas da mesma forma. Ainda assim deve ser criteriosa a seguir as indicações do ortopedista e não colocar carga sobre o pé.

Atentamente

João Maia

Bruno Felipe disse...

Dr. Fraturei o 5 metatarso no dia 29 de abril, fiz uma cirurgia no dia 05 de maio ,e agora dia 12 de junho vou retirar o fio que foi colocado, quantos dias apos essa retirada vou voltar a andar normalmente ? obrigado, Parabens pelo Blog.

Alessandra disse...

Dr fraturei o 5 metatarso dia 10 de junho o médico pediu que eu utilizasse gesso por 15 dias, mas com 10 dias houve alguns imprevistos e retirei o gesso por conta própria porem agora meu pé ainda dói muito, incha e sinto a sensação de fogo dentro o que deve estar acontecendo?

João Maia disse...

Cara Alessandra,

Como é claro, deve consultar o médico que a tratou o mais breve possível. Uma fractura mal consolidada pode acarretar riscos muito importantes para a saúde do paciente.

Cumprimentos

Pati Almeida disse...

Boa tarde, João
Fraturei o 3º metatarso, na sua base, e logo comecei o tratamento conforme as instruções do médico, o qual me assistiu, ou seja, iniciei o uso da robofoot e permaneci durante 55 dias com a mesma, além das compressas de gelo nos primeiros dias. Após sua retirada, o médico disse que apesar do meu calo não ter colado 100%, segundo RX de controle, não tinha mais necessidade de usá-la, que eu deveria evitar somente os exercícios de impacto e fazer compressas mornas. Hoje, após 24 dias da retirada da bota ainda sinto dor, não consigo usar salto e meu pé ainda incha. Gostaria de saber se esses sintomas são normais diante da fratura sofrida? Qual é o tempo em média para recuperação total, sem dores e inchaços?

Bruno Severini disse...

Boa noite
Fraturei o 3 e 4 metatarso,o 3 90% e o 4 por completo e teve um leve desvio,nao foi feito cirurgia,foi dia 05/12/2014.
Vai fazer um ano,e ate hj meu pé continua inchado,com edemas nas laterais,fortes dores 24 hrs,os dedos estao tortos,as vezes esta tao inchado que nao consigo nem colocar o tênis.
Na minha cidade esta com falta de ortopedista na rede,e a ultima consulta foi constatado pseudoartrose,e que vai ficar assim para o resto da vida.
Mas percebi que aparaceu um caroço na parte superior do pe,e ele pareçe que esta comprinindo uma veia,e ela esta muoto inchada e com queimaçao e dores muito fortes...
Oque pode ser?

ana flavia disse...

Boa noite, fraturei meu quinto metatarso, o tonozelo e lesao no ligamento, usei bota robofoot 2 semanas, tala de gesso mais 3 semanas ( onde andei sem muletas e o local da fratura se afastou mais) e a ultima semana de bota novamente. O ortopedista me liberou de uma muleta e passou fiosio, é normal sentir muita dor ao pisar tanto na regiao da fratura quanto a do tonozelo e a coordenaçao motora as vezes falhar e estar com menoss força?

Vivis disse...

Boa tarde, fraturei o 2° metatarso, foi constatado fratura por estresse e sou sedentária. Essa fratura foi espontânea, mas acredito que a minha indisciplina na alimentação e excesso de peso (sacolas de compras pesadas) deva ter contribuído.
O meu médico Ortopedista me deu 10 dias de Atestado e não quis engessar, me recomendou bota ortopédica por 10 dias. Esse tratamento com a bota é adequado? Será que ficarei boa somente em 10 dias?
Terei que fazer fisioterapia depois?
Aguardo retorno. Obrigada...

João Maia disse...

Cara Ana Flavia,

A falta de coordenação e força é normal nesta fase. Já a dor à carga pode ser, pois fez múltiplas fraturas, ou nem tanto. Essa é uma situação que deve expor ao médico/fisioterapeuta, pois foram eles que avaliaram os seus exames.

Atentamente

João Maia

João Maia disse...

Cara Vivis,

Sim, dependendo do traço de fratura, esse período poderá ser suficiente. Em principio, apenas se persistirem algumas dores é que poderá ter de fazer fisioterapia, mas o mais frequente nestes casos é não ser necessário.

Atentamente
João Maia

Unknown disse...

Dr, fraturei o 5 metatarso dia 3 de setembro. Usei bota imobilizados por 4 semanas, e agora fiz uma tomografia que confirmou que ainda não refez nada do osso. O médico sugeriu cirurgia, mas deixou por minha conta decidir por fazer ou não. Na sua opinião , há possibilidade de recuperação sem cirurgia? O que seria mais adequado?

Brendon Bonini disse...

Olá, sou Brenodn, quebrei o qunto metatarso da base. fiquei de gesso um mês, de bota ortopedica um mÊs e dia 14/11 faz um mês que tirei a bota. sendo que ate hoje eu manco, não consigo andar direito. é normal?

João Maia disse...

Olá Brendon,

Sim, é possível, tem a ver com o facto de ter estado bastante tempo com o pé imobilizado. Poderá ser indicado iniciar um plano de fisioterapia para recuperar força/flexibilidade nesses segmentos.
Espero ter ajudado. As melhoras

João Maia

Patrícia Gonçalves disse...

Dr fraturei o 3 metatarso, fiquei com a tala 2 semanas, estou com a bota 1 semana, mas ainda vou ficar mais 1 e vou para revisão, 4 semanas no total. Acredita que seja o suficiente para recuperação? E já posso colocar o pé no chão com a bota na 3 semana?

Desde já agradeço

all_mz disse...

Bom dia,

Há exatamente um mês tive uma fratura no 5° metatarso do pé direito. O médico, de imediato, recomendou o gesso, que mantive por duas semanas, e após esse período uma bota imobilizadora, que mantive até hoje.

Acabei de voltar de uma consulta e o médico, após novo raio-X, informou que eu poderia tirar a bota e voltar a andar normalmente. Disse que a fisioterapia não seria necessária, uma que o próprio caminhar seria o suficiente.

Minha dúvida é: após um mês totalmente imobilizado por uma fratura assim, a fisioterapia pode não se fazer necessária?

Aguardo sua posição.

Obrigado,
Allan

all_mz disse...

Bom dia,

Há exatamente um mês tive uma fratura no 5° metatarso do pé direito. O médico, de imediato, recomendou o gesso, que mantive por duas semanas, e após esse período uma bota imobilizadora, que mantive até hoje.

Acabei de voltar de uma consulta e o médico, após novo raio-X, informou que eu poderia tirar a bota e voltar a andar normalmente. Disse que a fisioterapia não seria necessária, uma que o próprio caminhar seria o suficiente.

Minha dúvida é: após um mês totalmente imobilizado por uma fratura assim, a fisioterapia pode não se fazer necessária?

Aguardo sua posição.

Obrigado,
Allan

Catarina Souza disse...

Boa tarde Dr, meu filho de 20 anos sofreu um acidente de moto, dia 24 de novembro passou por cirurgia de ossos do tarso, redução cirurgica e osteossintese no pé e colocou 3 hastes, ficou com tala so 15 dias agora so curaivos nas hastes q ficam pra fora, vão tirar os ferrinhos so dia 7 de janeiro, sera q depois disso ele volta a andar? esta inchado ainda o pé.

João Maia disse...

Caro Allan,

Sim, é possível que não seja necessária fisioterapia. O pé em si funciona em carga,o que significa que acaba por ter um maior estímulo para se recuperar por si só. Mas ainda assim essa decisão depende da funcionalidade que tem quando tira o gesso e de quão rápido pretende recuperar, já que, mais do que proporcionar melhores resultados, o maior potencial da fisioterapia é fazê-lo obter os melhores resultados possíveis num mais curto espaço de tempo.
Atentamente
João Maia

João Maia disse...

Caro Allan,

Sim, é possível que não seja necessária fisioterapia. O pé em si funciona em carga,o que significa que acaba por ter um maior estímulo para se recuperar por si só. Mas ainda assim essa decisão depende da funcionalidade que tem quando tira o gesso e de quão rápido pretende recuperar, já que, mais do que proporcionar melhores resultados, o maior potencial da fisioterapia é fazê-lo obter os melhores resultados possíveis num mais curto espaço de tempo.
Atentamente
João Maia

Unknown disse...

Boa noite. Meu nome é Talita fraturei meu 5 metatarso tem 12 dias e de lá pra cá estou com a tala imobilizadora.
Minha duvida é, meu gesso está bem alaciado. Consigo mexer meu pé dentro dele. Posso esperar até a próxima consulta daqui a 6 dias ou devo retornar o mais rapido possível? Tbm tenho sentido muitas dores mesmo sendo medicada.
Desde já agradeço a atenção Dr.

Talita disse...

Boa noite. Meu nome é Talita fraturei meu 5 metatarso tem 12 dias e de lá pra cá estou com a tala imobilizadora.
Minha duvida é, meu gesso está bem alaciado. Consigo mexer meu pé dentro dele. Posso esperar até a próxima consulta daqui a 6 dias ou devo retornar o mais rapido possível? Tbm tenho sentido muitas dores mesmo sendo medicada.
Desde já agradeço a atenção Dr.

Cleiton Silva disse...

Olá Dr. Fraturei o 5º metatarso, não necessitou cirurgia. Após todo o tratamento e com a fratura consolidada o Dr. Responsável me liberou. Não fiz fisioterapia, no entanto, voltei aos exercícios normalmente e regularmente. Corridas de 20 a 30 minutos. Porem sinto um pouco de dor próximo a fratura. O que pode ser ? pode ser o osso ainda ?

Att.

Cleiton Silva.

Fer disse...

Olá, Fraturei o Navicular em 2 locais. Usei 1 semana de tala de gesso e evoluiu bem. Em seguida coloquei gesso e tenho sentido dores fortes no calcanhar e panturrilhá. Isso é normal tendo em vista que o tornozelo não foi afetado? No local afetado não sinto dor. A posição do pé no gesso é de 90° mesmo?

Menina Mulher disse...

oi, a região do meu quinto metatarso apareceu inchado,não sei como isso aconteceu,só que não sinto dor não região. o que pode ser???

Nadja Obadia disse...

oi,fazem 7 dias que cai e torci o pé. Na hora doeu muito mas como moro absolutamente só e distante esperei melhorar um pouco para chegar ao socorro, que aconteceu 4 dias depois, mas não tinha ortopedista que me avaliasse. voltei pra casa e continuei com relaxantes musculares,muito gelo e antinflamatorios ; o inchaço diminuiu bem e as dores tambem hoje com 1 semana do tombo e o pé melhor( andando com até sem bengala mas com dores) procurei um hospital por uma mordedura de cachorro na mão e aproveitei para ver um ortopedista que fez RX e disse que eu tinha quebrado o 5. metatarso e me pos uma bota de gesso. Estou muito confusa, será que quebrei mesmo,como pode uma fratura ter melhorado sem tratamento? estou sem poder mexer o pé nem apoiar no chão e totalmente só e não sei como ficarei assim,por favor me de uma luz .ele só disse que eu tenho que fazer acompanhamento na clinica da familia nem pediu pra voltar ou fazer outro exame apos um tempo, enfim que faço ?

Ana C disse...

Eu posso usar o robofoot? O gesso está inchando muito meu pé e não consigo fazer nada (quebrei o 5 metatarsiano )

Ana C disse...

Eu posso usar o robofoot? O gesso está inchando muito meu pé e não consigo fazer nada (quebrei o 5 metatarsiano )

Unknown disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fabiana Rodrigues Padilha Machado disse...

Dr. Quebrei o 5 metartaso. Fiquei com gesso durante 50 dias, a última radiografia não me convenceu, mas o médico disse que já estava calcificada. Fazem dois dias que tirei o gesso, mas não consigo andar sem apoio, porque doi no calcanhar e está muito inchado e o médico não me passou fisioterapia. Em quanto tempo volto andar sem apoio.

Unknown disse...

boa noite doutor acho que meu caso poraqui e unico eu mim acidentei de moto faz mais 1 mes e 6 deias
so que nesse acidente quebrei o 3 metartaso e pedir o 4 e 5 tou com 1 fil de kishner no 3 metartaso mais o 4 e 5 o que farao?terao que botar pratina e? doutor rodo muito atras dessa resposta o caso e dificil mais nao impossivel.meu imail e geove1234@gmail.com obg e boa noite

Neia Ferreira disse...

Boa tarde Dr!Quebrei o quinto metatarso e fiquei com gesso, depois usei bota Baruck e agora já piso no chão, só que ainda sinto desconforto e não consigo caminhar direito qndo posso voltar atividades como academia?

Liliane Guimaraes disse...

doutor,quebrei o quinto metatarso do pe esq. n dia 12/5,usei gesso por 33 dias e depois a bota. p pisar n chao. meu ultimo rx o medico disse q n colou o osso totalmente e disse p ficar mais 18 dias cm a bota,depois tirar pisar n chao p fazer fisio. ta correto mesmo sem o osso t 100% calcificado poder andar e fazer fisio?to cm medo

Eduardo Silva disse...

Doutor quebrei o quinto mertataso do pé esquerdo fiz o tratamento com gesso e depois a bota por 45 dias o meu Medico passou fisioterapia mais não comecei ainda quando piso sinto dor não consigo andar isso é normal

Eduardo Silva disse...

Doutor quebrei o quinto mertataso do pé esquerdo fiz o tratamento com gesso e depois a bota por 45 dias o meu Medico passou fisioterapia mais não comecei ainda quando piso sinto dor não consigo andar isso é normal

mariele oliveira disse...

OLA DR SOU FRATUREI MEU QUINTO METARTASO NO DIA 26 DE JULHO DE 2016 ESTOU USANDO A BOTA ORTOPEDICA ESTOU COM 37 DIAS E OSSO AINDA NEM COMECOU A CALCIFICAR O MEDICO ME PEDIU O RETORNO DIA 20 DE SETEMBRO FAREI NOVAMENTE UM RX PRA VER SE VAI FAZER OU NAO A CIRURGIA.GOSTARIA D SABER QUANTO TEMPO LEVA PRA UMA RECUPERAÇAO DE CIRURGIA NO QUINTO METARTASO?

Unknown disse...

Ola sei que e meio estranho kkk mas quebrei o 2,3 e 4 metatarso do pe esquerdo,já tem 3 semanas ,já estou andando normal com a bota robofoot de vez em quando eu ando sem ela, já estão praticamente colados, mas se por acaso eles desalinharem eu vou sentir alguma dor?ou algo do tipo? Obs:tenho 16 anos

Flica disse...

Parti o pé perónio há 6 semanas. Tirei o gesso há 1 mês e não consigo ainda andar sem canadianas, se pisar sinto muita dor. Vou fazer uma tac na próxima quarta feira para ver melhor se há tambem lesão no navicular e se houver? Serão meses ainda sem caminhar? Obrigada

Flica disse...

Parti o pé perónio há 6 semanas. Tirei o gesso há 1 mês e não consigo ainda andar sem canadianas, se pisar sinto muita dor. Vou fazer uma tac na próxima quarta feira para ver melhor se há tambem lesão no navicular e se houver? Serão meses ainda sem caminhar? Obrigada

Theus Pereira disse...

Boa noite dr
Dia 05/10 sofri uma fratura no quinto metatarso do pé direto, fratura em torno de dois cm, fiquei nove dias com tala depois troquei por outra tala da qual fiquei 6 dias nessa última consulta o médico disse que era pra ficar sem tala, não precisava colocar a bota e que poderia começar o apoio com carga nos pé lesionado.
Achei meio precipitado do qual com pouco mais de duas semanas já posso ficar sem tala mais com apoio parcial.

Theus Pereira disse...

Boa noite dr
Dia 05/10 sofri uma fratura no quinto metatarso do pé direto, fratura em torno de dois cm, fiquei nove dias com tala depois troquei por outra tala da qual fiquei 6 dias nessa última consulta o médico disse que era pra ficar sem tala, não precisava colocar a bota e que poderia começar o apoio com carga nos pé lesionado.
Achei meio precipitado do qual com pouco mais de duas semanas já posso ficar sem tala mais com apoio parcial.

Renan fernandes disse...

Boa noite dr.fraturei 5 mertadaso ,usei tala por 15 dias aí coloquei o gesso por mais 30 dias ,então o médico tirou o gesso agora tá um pouco inchado e avermelhado isso é normal?

Karol Carvalho disse...

Tive um fratura leve no 5 metatarso direito e passei uma semana com tala.Apos uma segunda radiografia ainda nao havia colado,agora estou usando bota de gesso por 30 dias e ja estou no 17 dia.Sera q ao final dos 30 dias eu poderei andar normalmente?a fratura foi de leve e quase nao foi possivel perceber na radiografia...

Karol Carvalho disse...

Tive um fratura leve no 5 metatarso direito e passei uma semana com tala.Apos uma segunda radiografia ainda nao havia colado,agora estou usando bota de gesso por 30 dias e ja estou no 17 dia.Sera q ao final dos 30 dias eu poderei andar normalmente?a fratura foi de leve e quase nao foi possivel perceber na radiografia...

Fernanda Rafaela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernanda Rafaela disse...

Olá Doutor!
Quebrei o 2°,3°,4° e 5° metatarso no entanto não precisei de cirurgia pois o médico optou por tratamento de imobilização, fiquei 20 dias com a bota de gesso e 15 dias com robofoot sofri acidente no dia 27/01/17 e ontem dia 12/03 o médico me liberou pra voltar a rotina,disse que ainda tenho 2 fraturas não consolidadas mas que com o tempo consolidaram.
A partir de então não preciso mais de acompanhamento médico.
Gostaria que me dissese quando então saberei que meu pé está realmente curado já que o médico interrompeu o tratamento é tbm não me passou fisioterapia?
Apenas me disse que preciso a partir de então usar um calçado com sola resistente pra não permitir que ao andar meus dedos dobrem! A dor eu sei que pode durar pelo menos 1 ano ainda juntamente com inchaço.
Desde já agradeço!

Unknown disse...

Olá Boa tarde Doutor
Tive fratura por alusão do 5° metatarso, após avaliação médica e raio x, fizeram a imobilização com tala e permaneci por 15 dias até retornar ao ortopedista. Em Nova avaliação colocaram gesso e prescreveram repouso por 3 semanas,gostaria de saber se esse tipo de fratura pode deixar alguma sequela, se poderei usar salto novamente e se pode ocorrer cirurgia nesse caso?

Tatiana Da Costa disse...

Também estou preocupada, minha perna ficou fina, estou a dois meses com o pé imobilizado (uma semana de tala, 3 semanas de gesso e 4 semanas de bota imobizadora, sem apoio do pé fraturado no chão) meu ortopedista receitou um medicamento para diminuir as caimbras e recomendou o uso da meia de compressão (aquela de uso pra quem tem varizes).
Enfim... 2 meses de repouso absoluto do pé...
Também estou preocupada em relação a voltar a andar normalmente, o uso de salto alto, a volta dos exercícios físicos... O Pilates ajudaria em algo?
Por enquanto não consigo apoiar o pé no chão e só ando com auxílio das muletas...
Quanto tempo de fisioterapia é necessário?

Claudia Maciel disse...

Depois de 45 dias com o pé imobilizado, pois quebrei o quinto do metatarso, retirei a bota imobilizadora do médico mandou eu andar e fazer fisioterapia, meu pé e tornozelos estão muito inchados, portaria de saber se é normal.Claudia

Claudia Maciel disse...

Depois de 45 dias com o pé imobilizado, pois quebrei o quinto do metatarso, retirei a bota imobilizadora do médico mandou eu andar e fazer fisioterapia, meu pé e tornozelos estão muito inchados, portaria de saber se é normal.Claudia

Josivan Jk disse...

Boa noite. Fraturei o 5° metatarso já estou a uma semana com o gesso mas toda vez que eu baixo o pé começa a doer muito e só passa quando eu levanto o mesmo. Isso é normal ?

Unknown disse...

Boa noite dr ...no dia 26 de marco fraturei o 5 metartaso .devido eu ter fraturado gestante eu tirei o gesso e so engessei apos o nascimento do meu filho aue fou dia 31/03 agr .fiquei 15 dias imobilizada apos isso ja consigo por a carga no pe ando de muletas .nao estou mais sentindo dor tornozelo porem ainda nao consigo andar normalmente nem sinto forca e normal ?

Unknown disse...

Dr. Sofri uma fratura no segundo metatarso, foi feito RX e ressonância magnética, não constou Lisfrank, depois de 30 dias ao me consultar em uma clínica ortopédica, foi constatado Lisfrank, o ortopedista sugeriu cirurgia pra colocar pino.Fiquei de pensar na opção, hoje faz 57 dias, e caminho sem dores, qual seria o procedimento adequado?

Miely Dias disse...

Fraturei o 5 metatarso em um local atípico (meio do osso). Achei que a recuperação ia ser rápida, mas não. Foram oito semanas, as 6 primeiras com muletas e robofoot. Na sétima tirei as muletas, mas foi como reaprender a andar. O médico disse que com dois dias ia conseguir andar com o robofot. E foi assim. Dá uns choques quando apoia. Agora na oitava semana já consigo pisar devagar sem a bota e apoiar forte. É lento mas tudo passa. Espero nesta segunda receber alta, andar sem o robofot definitivamente e voltar a dirigir. Acha que é arriscado dirigir sem fazer fisioterapia ou estar totalmente sem queixas de dor?

Enviar um comentário