quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Dicionário Saúde e Fisioterapia

ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ



A

Atelectasia 1. ausência de dilatação e, por conseguinte, do aporte de ar nos pulmões ou em uma parte dele, como consequência da falta de expansão ou da reabsorção de ar dos alvéolos; existem formas agudas e crónicas, completas e incompletas; 2. colapso ou expansão incompleta do pulmão.
-->
Aterosclerose fixação de lipídios na camada interna das paredes arteriais, dando como resultado a formação de placas lipofibrosas (ateromas); o processo inicia-se geralmente durante as primeiras décadas de vida e aumenta de gravidade com o passar do tempo.
Ateroma placa degenerativa que contém colesterol na parte mais interna das artérias.
-->
Atetose 1. disfunção de tônus devido a lesões dos gânglios da base do SNC, caracterizada por movimentos lentos, involuntários, convulsivos, retorcidos. Frequentemente, é observada a maior par­ticipação dos membros superiores distais, envolvendo flutuações entre a hiperextensão do punho e dedos, e um retorno a uma posição fletida, em combinação com movimentos rotatórios dos membros. Muitas outras áreas do corpo podem estar envolvidas, como pescoço, face, língua e tronco; esses movimentos são também conhecidos como movimentos atetóides; 2. movimentos contínuos, sinuosos, de pequena amplitude, distais, lentos e indesejáveis, que a criança não pode controlar.
Atividades da vida diária (AVD) atividades necessárias aos cuidados pessoais diários, à manutenção pessoal e à vida comunitária independente.
Atividades funcionais atividades identificadas por um indivíduo como essenciais ao apoio do bem-estar físico e psicológico, bem como à criação do sentido pessoal de uma existência significativa.
ATP abreviação de trifosfato de adenosina; em inglês, adenosine triphosphate.
Atresia ausência ou estreitamento de uma abertura ou ducto do corpo; p. ex., atresia biliar, atresia anal, atresia esofágica, atresia tricuspídea etc.
Atrofia 1. redução do tamanho de um órgão ou músculo devida à fraqueza ou desuso; 2. redução do peso ou do volume de um tecido, de um órgão ou de uma célula; pode ser fisiológica ou patológica (hereditária, congênita, degenerativa etc.); 3. perda ou diminuição no tamanho das células, tecidos, órgãos e partes do corpo; 4. perda de massa muscular.
Atropina alcalóide de ação anti muscarínica obtida a partir da Atropa belladonna. É utilizada para dilatar a pupila, como antiespasmódico, e para inibir a secreção gástrica. Além disso, é empregue para inibir a secreção salivar, brônquica e sudorípara, aumentar a frequência cardíaca e inibir a bexiga urinária.
Aura sensação peculiar que precede um ataque epitético e que o indivíduo reconhece.
Auscultar o ato de ouvir sons do coração ou do pulmão dentro do corpo, geralmente com um estetoscópio.
Auscultação pulmonar escutar e interpretar os sons pulmonares normais e anormais.
Autismo transtorno emocional caracterizado pelo ensimesmamento patológico e pela incapacidade de relacionar-se com outras pessoas; geralmente o diagnóstico é feito na mais tenra idade (autismo infantil precoce).
Auto-alongamento 1. técnicas nas quais o paciente é ensinado a alongar uma articulação ou tecido mole passivamente, usando outra parte do corpo para aplicar a força de alongamento; 2. tipo de exercício de flexibilidade que o paciente realiza sozinho.
Auto-enxerto 1. enxerto no qual a peça enxertada é retirada do próprio indivíduo; enxerto autoplástico ou autólogo; 2. pele retirada de uma área não queimada do paciente, e transplantada para o revestimento da ferida.
Automobilização técnicas pelas quais o paciente é ensinado a aplicar técnicas de mobilização articular em suas próprias articulações restritas, usando técnicas apropriadas de deslizamento.
Autópsia exame de um corpo morto, geralmente para determinar a causa da morte do indivíduo; é também chamada necropsia e diagnóstico post-mortem.
Avaliação postural situação em que, através de análise qualitativa e comparativa, se observam e/ou identificam alterações e/ou disfunções relacionadas ao padrão postural considerado como normal ao indivíduo.
Avascularização perda da vascularização de uma região anatômica, de um órgão ou de uma lesão por métodos físicos, químicos ou cirúrgicos.
AVC impedimento da irrigação sanguínea para alguma parte do cérebro, causado por hemorragia, êmbolo ou trombo.
Avulsão 1. retirar por forte tração, ou dilaceramento de um pedaço de osso, com relação ao osso principal; 2. separar ou arrancar.
Axila cavidade externa inferior, na junção do braço com o ombro.
Axônio processo tubular de um neurônio que funciona como um canal para transmitir os sinais elétricos gerados pelo neurónio.
Azoospermia ausência de espermatozoides no sémen, do que resulta a esterilidade masculina.


Anterior   |   Seguinte

ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ


Sem comentários:

Publicar um comentário