quinta-feira, 18 de abril de 2013

Fratura do Calcâneo (calcanhar)


O calcâneo é um grande osso que forma a base da parte posterior do pé (calcanhar). O calcâneo articula com o tálus acima e com o cubóide à frente. O calcâneo tem a particularidade de ter uma estrutura externa fina e dura e bastante percentagem de osso esponjoso no interior, dai quando parte, o osso tende a fragmentar-se em mais que um sítio, pelo que as fracturas do calcâneo são sempre lesões graves.
As fracturas do calcâneo representam 2% de todas as fracturas no adulto e podem ser:
  • Intra-articulares (cerca de 70%), são as fracturas mais graves, que incluem lesão da cartilagem (o tecido conjuntivo entre dois ossos) provocadas geralmente por uma queda de grande altura com o impacto do pé numa superfície dura. As opções de tratamento dependem de quão severamente o calcâneo foi esmagado no momento da lesão.
  • Extra-articulares (cerca de 30%), geralmente fracturas por avulsão (em que um pedaço de osso é arrancado pela força brusca exercida pelo tendão de Aquiles ou por um ligamento) ou fracturas de stress, causadas por uso excessivo, por exemplo durante a corrida. As opções de tratamento dependem do tamanho fractura e da sua localização.


Sinais e sintomas/ Diagnóstico

Quando a fractura resulta de um traumatismo os sintomas podem incluir:
  • Súbita dor no calcanhar e na incapacidade de suportar o peso sobre aquele pé
  • Inchaço na zona do calcanhar
  • Contusão do calcanhar e tornozelo
  • Quando se trata de uma fractura de stress os sintomas podem incluir:
  • Dor generalizada na região do calcanhar que normalmente se desenvolve lentamente (durante vários dias ou semanas)
  • Inchaço na zona do calcanhar.

É essencial uma boa avaliação clínica do pé e tornozelo para ajudar no diagnóstico de uma fractura do calcâneo. Um raio-X é geralmente necessário para confirmar o diagnóstico e avaliar a gravidade da lesão. Exames adicionais (TAC ou RM) podem ser necessários no caso de se suspeitar de comprometimento vascular ou nervoso.

Tratamento

       O tratamento em fisioterapia, imediatamente após a lesão e enquanto o diagnóstico não está confirmado, consiste e controlar os sinais inflamatórios, através de:
Descanso: Evite caminhar ou estar muito tempo de pé. Se tiver de o fazer utilize canadianas. Andar a pé pode significar um agravamento da sua lesão.
Gelo: Aplique uma compressa de gelo na área lesada, colocando uma toalha fina entre o gelo e a pele. Use o gelo por 20 minutos e depois espere pelo menos 40 minutos antes de aplicar gelo novamente.
Compressão: um elástico pode ser usado para controlar o inchaço.
Elevação: O pé deve ser elevado um pouco acima do nível do seu coração para reduzir o inchaço.
           O tratamento médico das fracturas do calcâneo vai depender do tipo de fractura e da extensão da lesão. As fracturas arrancamento e as fracturas em que não há desalinhamento dos topos ósseos, são geralmente tratadas com imobilização gessada, através de bota ou tala.
Para as fracturas em que os dois topos da fractura estão desalinhados o ortopedista realizará o realinhamento da fractura por manipulação cuidadosa sob anestesia seguida de cirurgia para fixação interna (utilizando placas e parafusos) de forma a estabilizar a fractura e facilitar a cicatrização do osso. Nesta situação, após a cirurgia segue-se imobilização gessada com bota protectora mais canadianas por um período não inferior a 4 semanas.
No período após imobilização gessada deve ser iniciado um programa de fisioterapia. As técnicas que revelam maior eficácia nesta condição:
  • Massagem de mobilização dos tecidos moles para melhoria do trofismo celular.
  • Electroestimulação neuromuscular (ENM) dos músculos estabilizadores do tornozelo
  • Reeducação da marcha e treino proprioceptivo
  • Mobilização articular.
  • Educação do paciente e plano de retorno gradual à actividade.


Exercícios terapêuticos para fractura do calcâneo (calcanhar)

Os seguintes exercícios são geralmente prescritos após a confirmação de que a fractura está consolidada. Deverão ser realizados 2 a 3 vezes por dia e apenas na condição de não causarem ou aumentarem os sintomas.





Flexão/extensão do pé
Deitado, com o calcanhar fora da cama, puxe a ponta do pé e dedos para si, e depois empurre pé e dedos para baixo.
Repita entre 15 e 30 vezes, desde que não desperte nenhum sintoma.



 

Inversão/eversão do
Deitado, com o calcanhar fora da cama, puxe a ponta do pé para cima e para fora, com a planta do pé virada para fora, depois empurre o pé para baixo e para dentro, com a planta do pé virada para dentro.
Repita entre 15 e 30 vezes, desde que não desperte nenhum sintoma.




Extensão resistida do pé
Sentado com a perna esticada e o elástico na ponta do pé. Empurre o elástico para a frente, depois deixe o pé regressar lentamente à posição inicial.
Repita entre 8 e 12 vezes, desde que não desperte nenhum sintoma.


 Antes de iniciar estes exercícios você deve sempre aconselhar-se com o seu fisioterapeuta.


Brauer CA, Manns BJ, Ko M, Donaldson C, Buckley R. An economic evaluation of operative compared with nonoperative management of displaced intra-articular calcaneal fractures. J Bone Joint Surg Am. 2005 Dec;87(12):2741-9.
Tomaro JE, Butterfield SL. Biomechanical treatment of traumatic foot and ankle injuries with the use of foot orthotics. J Orthop Sports Phys Ther. 1995 Jun;21(6):373-80.


27 comentários:

Cicero Marculino disse...

Ola gostei muito do Blog, e gostaria de aproveitar e tirar uma dúvida, eu tive uma fratura no calcanio, no inicio pus uma tala, e depois o doutor pediu para por gesso, fiquei um mes e alguns dias com o gesso, após retirada do gesso, ele disse que esta bem, mas o osso ainda nao colou, entao ele me disse que o inchaço é normal, pois o gesso foi tirado no dia, e disse que eu não precisaria do gesso, mas que não poderia firmar o per no chão apenas apoiar, e disse que para tiar o ichasso teria que usar aguar morna e depois fria, mas a minha duvida é a seguinte, e não consigo deixar o pé reto igual ao outro, é como se a pele atraz do calcanhar esticasse, isto é normal após a fatura do calcanho mesmo depois de ter usado o gesso?

Maria Santos disse...

pulei de uma certa altura na piscina,e bati o calcanhar forte no fundo,o médico falou que não trincou e que foi só o impacto,porque ñ consigo pisar no chão,e dói já à 2semanas?

Maria Santos disse...

pulei de uma certa altura na piscina,e bati o calcanhar forte no fundo,o médico falou que não trincou e que foi só o impacto,porque ñ consigo pisar no chão,e dói já à 2semanas?

manoela da silva disse...

quebrei o calcanhar e estou 4 meses sem andar , com vou conseguir a andar?/

Unknown disse...

Boa tarde!!! Eu quebrei o caucaneo do pé direito,não atingiu nem uma articulação do pé e já faz 70 dias que aconteceu a fratura ... Será que já posso pisar com a ponta do pé no chão. Se puder me ajudar com algum comentário fico grto ....

Valcir Wrunski disse...

Boa tarde!!! Eu quebrei o caucaneo do pé direito,não atingiu nem uma articulação do pé e já faz 70 dias que aconteceu a fratura ... Será que já posso pisar com a ponta do pé no chão. Se puder me ajudar com algum comentário fico grto ....

Bruno Monteiro disse...

Boa Noite. Eu em Agosto de 2015, nao fraturei um mas os dois calcaneos numa queda entre 3 a 4 metros na qual cai de pé mas com os calcanhares na esquina de um passeio. No Natal de 2015 dei como prenda a mim mesmo 4 passos( com canadianas claro)...ka larguei para ja a cadeira de rodas. Ando mais ou menos ja subo e desco escadas.. Mas o pé direito foi o pior e ja me deu 2 complicacoes. Tive que ir ao bloco para reapertar um dos 3 parafusos que veio parar fora do pé..apanhei nao uma mas 2bacterias que levei 40dias para elimina-las. Para nao bastar passados 20 a 30 dias o meu corpp fez uma rejeicao e tive que ser re-operado para extrair o material do pé direito, ainda tenho 3 parafusos no esquerdo.
O medico falou que normalmente mais tarde teria que fazer uma artrodese, mas com um excerto osseo da anca para o pé para dar uma pequena altura ao calcaneo, outro medico disse que so fazia isso mediante a dor que iria ter quando tivesse a andar..
Serà mais certo ter que fazer esta operacao?? É o que me assusta um pouco..e ja agora tentem nao fraturar este osso, ou pelo menos os dois ao mesmo tempo!��

Bruno Monteiro disse...

Boa Noite. Eu em Agosto de 2015, nao fraturei um mas os dois calcaneos numa queda entre 3 a 4 metros na qual cai de pé mas com os calcanhares na esquina de um passeio. No Natal de 2015 dei como prenda a mim mesmo 4 passos( com canadianas claro)...ka larguei para ja a cadeira de rodas. Ando mais ou menos ja subo e desco escadas.. Mas o pé direito foi o pior e ja me deu 2 complicacoes. Tive que ir ao bloco para reapertar um dos 3 parafusos que veio parar fora do pé..apanhei nao uma mas 2bacterias que levei 40dias para elimina-las. Para nao bastar passados 20 a 30 dias o meu corpp fez uma rejeicao e tive que ser re-operado para extrair o material do pé direito, ainda tenho 3 parafusos no esquerdo.
O medico falou que normalmente mais tarde teria que fazer uma artrodese, mas com um excerto osseo da anca para o pé para dar uma pequena altura ao calcaneo, outro medico disse que so fazia isso mediante a dor que iria ter quando tivesse a andar..
Serà mais certo ter que fazer esta operacao?? É o que me assusta um pouco..e ja agora tentem nao fraturar este osso, ou pelo menos os dois ao mesmo tempo!��

Adimilson dias disse...

Ola tive um acidente meu calcanio explodiu depois fiquei enternado no hospital aguardando vaga pra cirurgia depois de 4 semanas o médico chegou minha vez de fazer a cirurgia o medico me falou que não iria mais fazer a cirurgia pq o osso colou e não poderia fazer mais nada ele vai mandar eu fazer fisioterapia. Estou com muito medo de nunca mais poder uma vida normal.

Alberto Magalhães disse...

Boas a todos.
Em 22 de Julho de 2014 parti o calcaneo direito ao saltar de uma altur de 3 metros.
Fui hospitalizado, tive de aguardar 16 dias para ser operado, após cirurgia estive cerca de 40 dias com tala de gesso, após tirara a tala iniciei caminhada com canadianas.
Iniciei fisioterapia em Novembro o qual com 60 secões consegui caminhar mas com dores, não conseguia estar muito tempo de pé, as dores eram de tal ordem que ao caminhar mais parecia um velho com artoses.
Procurei um Médico cirurgião particular o qual me aconselhou faser cirurgia para artrodese, esta foi feita em 27de Julho de 2015, após, estive 30 dias com geso e mais 30 dias a caminhar com bota ortopedica sanson, após cerca de 70 dias da cirurgia iniciei fisioterapia durante 15 seções, findo estas as dores continuavam, então fiz um tac este acusou uma fenda nos ossos que deveriam ter unido através de um agrafo colucado na atrodese, mas tal não aconteceu.
O cirurgião aconcelhou a nova cirurgia, esta foi realizada em 08de Fevereiro de 2016 estando de momento com gesso em recuperação.
Lamentavelmente penso que nunca mais ficarei bom, bom, quer diser a caminhar normal e sem dores.
De qualquer forma e como diz o ditado popular a esperança é a ultima a morrer.
Mantenho alguma esperança!!!

Ágda disse...

Boa tarde
Tenho uma recente fratura de calcâneo, gostaria de pegar informações com vcs, tenho sentido MTA dor e diagnóstico variados, me ajudem!
Agda1000@gmail.com
Wats 97973 6285

Ágda disse...

Boa tarde
Tenho uma recente fratura de calcâneo, gostaria de pegar informações com vcs, tenho sentido MTA dor e diagnóstico variados, me ajudem!
Agda1000@gmail.com
Wats 97973 6285

nilson papalegua disse...

Eu quebrei o calcanio fiquei 16 dias com gesso me incomodou de mais eu mesmo retirei o gesso e estou usando a bota ortopédica será que vai me causar algum problema alguém pode me ajudar

Daiane Godói disse...

É possível depois de 100 dias de fratura no calcâneo eu não conseguir andar? Minha fratura colou mas meu pé não desincha a ponto de não poder andar tenho uma bola enorme no tornozelo e fica quente.. Detalhe já tomei mais dez tipos de anti inflamatório...Oque eu faço será que as articulações sararam fora do lugar? Me ajude por favor

Daiane Godói disse...

A esqueci de dizer.. já fiz mais de 20 fisioterapia e 3 massagem num massoterapeuta...

Daiane Godói disse...

A esqueci de dizer.. já fiz mais de 20 fisioterapia e 3 massagem num massoterapeuta...

Unknown disse...

Boa noite,me chamo Fabricia tenho 34 anos fracturei o calcaneo do meu pe direito caindo de uma altura de 4 metros.fiz uma cirurgia no Dia 6/06/2016 com uma medica especialista em pé maravilhosa.confesso que achei uma dor de outro mundo antes e após a cirurgia,com medicamentos fortes consigo controlar um pouco a dor
Mais dói mto até hj.bom não fez um mês ainda mais meu pé está progredindo bem.só esperando ela liberar mês que vem a fisioterapia pra saber qual sequela terei.galera não adianta o médico ficar nos iludindo. Graças a Deus minha médica me disse desde o início que sempre fica alguma equela.então vamos ter fé em Deus que tudo vai acontecer se for da vontade dele.um grande abraço a todos os colegas que passam ou ainda estão passando por essa dor horrorosa! 😔

Maria Eduarda Brito disse...

Boa noite,me chamo Fabricia tenho 34 anos fracturei o calcaneo do meu pe direito caindo de uma altura de 4 metros.fiz uma cirurgia no Dia 6/06/2016 com uma medica especialista em pé maravilhosa.confesso que achei uma dor de outro mundo antes e após a cirurgia,com medicamentos fortes consigo controlar um pouco a dor
Mais dói mto até hj.bom não fez um mês ainda mais meu pé está progredindo bem.só esperando ela liberar mês que vem a fisioterapia pra saber qual sequela terei.galera não adianta o médico ficar nos iludindo. Graças a Deus minha médica me disse desde o início que sempre fica alguma equela.então vamos ter fé em Deus que tudo vai acontecer se for da vontade dele.um grande abraço a todos os colegas que passam ou ainda estão passando por essa dor horrorosa! 😔

Douglas Santos disse...

Bom dia tenho uma fratura de calcário a 6 anos atrás o medico falou que ia operar mais na última hora achou melhor não mais após todo esse tempo meu pé não desinchar e doi muito muito mesmo chego a mão poder andar isso é normal doutor

LOBO SÓLITARIO disse...

Ola boa noite no dia 08/07/2016 sofri um acidente de moto onde ocasionou a fratura do calacaneo sem desalinhamneto significativo e também o navicular onde foi passado o tratamento de 60 dias no gesso messes 60 dias so fiquei 52 onde eu mesmo tirei o gesso. Queria saber se eu teirei algum problema posteriormente. Dois dias depois meu tornozelo comecou a inchar sera que no osso nao colou? Ou e normal o que vcs me dizer se puder me ajudar agradecido.

Vanessa mendonça disse...

Olá, em junho de 2015 meu pai sofreu um acidente muito parecido com o que foi relatado neste blog pelo usuário Bruno Monteiro. Gostaria muito de me comunicar com o referido Bruno Monteiro via email. Como faço para entrar em contato com o Bruno Monteiro? Não consigo encontrar o email dele.
Segue abaixo o link do perfil dele:

https://plus.google.com/110918517386572654058

Agradeço.
Atenciosamente,

wagner francisco rodrigues de mesquita de mesquita disse...

Tive uma fratura cominutiva no calcaneo esquerdo e coloquei uma prótese com 7 parafusos.Foi em 25/06.Operei dia 04/07 e fiquei 4 meses com bota e sem colocar o pé no chão. Já iniciei a fisioterapia com gelo,choque,massagem,exercícios de extensões. Estou apreensivo com a demora dos edemas e inchaços. Ando um pouco o pé volta a inchar. Isso é normal? Atenciosamente!

wagner francisco rodrigues de mesquita de mesquita disse...

Tive uma fratura cominutiva no calcaneo esquerdo e coloquei uma prótese com 7 parafusos.Foi em 25/06.Operei dia 04/07 e fiquei 4 meses com bota e sem colocar o pé no chão. Já iniciei a fisioterapia com gelo,choque,massagem,exercícios de extensões. Estou apreensivo com a demora dos edemas e inchaços. Ando um pouco o pé volta a inchar. Isso é normal? Atenciosamente!

Jose Zezinho disse...

Eu sofri um acidente fratura exposta no calcanhar fis uma cirurgia já tou com 4 meses e não consigo andar pofavo com quandos dias nois começar anda ainda tou andando de moletas ?

Fábio Rodrigues disse...

Bom amigo dia 05 de fevereiro 2017. Quebrei o calcanha fiquei 12 dias esperando cirugia hoje te 17 dias já o médico me falou q poderia por o pé no chão depois de 100 dias estou muito confiante esperado e Deus principalmente eu acredito que eu ficarei bom.

Unknown disse...

É normal sentir dores direto depois de quebrar os calcanhares e operar? Pois desde que quebrei, operei e não durmo pois sinto dor direto o q faço?

Carlos Almeida disse...

Achei muito interessante, também quebrei os dois calcâneos e ainda estou em recuperação, fiz cirurgia no pé direito com fixação de placa e 4 parafusos, minha dúvida é se vou poder fazer uma caminhada de 150 km da minha cidade a Aparecida, faço a muito tempo e queria continuar..

Enviar um comentário